Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O Duende Palpiteiro

por Fernando Zocca, em 29.05.12

 

 

Quem me acompanha ao longo desses anos todos, lendo os textos dos meus Blogs, sabe que tenho por hábito publicar pelo menos um por dia.

Isso tem sido assim há mais de 10 anos. Acontece que de umas semanas pra cá a inspiração degringolou. Sabe aquela história da fonte que seca e coisa e tal? Então...

Bom, daí eu perguntei a um dos duendes que me acompanham, se ele sabia algo sobre os motivos da tal situação.

Eu perguntei:

- O que será que está acontecendo, seu duende? A verve já não é a mesma, cadê aqueles sopros fenomenais com os quais você costumava ditar-me as historiazinhas?

Ele me respondeu:

- Não sei. Você é considerado muito bocudo, falador. Deve ser por isso. Mas eu acho que deveria fazer uma simpatia.

- Simpatia? – perguntei.

- É sim. Você precisa ver a MariMoon. Sabe aquela bonitona que apresenta, com a Titi, o Acesso na MTV?

- Hã, hã. – respondi pro duende.

- Então, vai lá, conversa com a MariMoon e essa ziquizira pode se findar.  Quem sabe?

Bom, como eu já não tinha mais a quem recorrer que me inspirasse novamente, soprando-me os textos legais, resolvi visitar a Mariana de Souza Alves Lima, a MariMoon,  lá em S. Paulo.

- Sai às dez e meia da matina de Piracicaba, num ônibus da viação Piracicabana, e logo depois estava na Estação Rodoviária do Tietê.

Você já viu como é que se comporta o caipira num local imenso, supermovimentado e ao qual não está nem um pouquinho acostumado?

Pois esse era eu.

Mais perdido que cachorro atordoado, quando foge das sapatadas da dona de casa irada, eu ia e vinha por aquele espaço enorme, buscando algo que me indicasse onde tomaria o metrô pra chegar à Rua Afonso Bovero, no Sumaré, sede da MTV/SP.

Algum tempo depois, cansado de bater perna, resolvi ir de taxi.

Tinha até fila de passageiros, pagando com os cartões de crédito, nos guichês, as corridas a serem feitas.

Após alguns minutos embarcamos e lá fomos nós em busca da solução apresentada pelo duende palpiteiro.

Como vocês sabem, o trânsito na capital paulista é super intenso e bastante complicado. Locomover-se de um local pro outro exige muita atenção que desgasta. As distâncias são imensas.

Ainda bem que hoje em dia existe, pra facilitar a orientação no espaço, um aparelhozinho chamado GPS, que informa aos seus usuários, sobre como chegar ao lugar objetivado.

Sendo assim o motorista, logo depois do embarque, digitou o local do destino no aparelho, tendo recebido durante todo o trajeto, as dicas de qual rua deveria tomar para chegar ao destino.

Você sabe o que acontece quando toma um taxi não é? Se não houver uma conversa, um dialogozinho, a situação fica desconfortável, nervosa mesmo.

Por isso o Corinthians surgiu pra nos livrar daquela tensão chatíssima.

Acontece que o bendito motorista era Santista e, meu amigo... Como foi difícil mudar de assunto...

Chegando nas imediações da MTV, deixei o taxi, e após perguntar, pra uma simpática senhora de olhos azuis, que arrumava as flores do seu jardim, onde ficava exatamente a sede da emissora, e tendo recebido a informação, lá fui eu.

Esperei a MariMoon na portaria e quando ela terminou a gravação, conversei um pouquinho com ela.

Pedi pra tirar uma foto. Então a apresentadora do Acesso me perguntou onde estava a minha câmera. Ao ser informada que a bendita caiu e quebrou-se, ela gentilmente pegou o seu celular e, solicitando ao segurança que fizesse a foto, chegou bem pertinho. Ela me disse que a enviaria pro meu e-mail mas Infelizmente a imagem não chegou.

Apesar disso tudo a simpatia deu certo.

Os duendes estão felicíssimos e continuarão a soprar suas maravilhosas histórias que eu repasso depois pra vocês. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:52

Voando com MariMoon

por Fernando Zocca, em 23.08.09

 

                         Quem vê MariMoon na MTV não pode deixar de se apaixonar. Ela aparece resplandecente no Scrap MTV, espargindo a leveza e a alegria que lhe são peculiares.
 
                        MariMoon é mesmo uma simpatia de pessoa e a sua atuação na TV comunica isso. Ela tem o que dizer. Exibe com maestria as boas novas da música pop, as novidades na Internet e tudo o mais que interessa ao seu público numeroso.
 
                        Ouso dizer que a menina faz parte dessa nova geração desenvolta de comunicadores que ocupa, atualmente, as telas especializadas da TV brasileira. É preciso ter o que mostrar. O ritmo em que ela apresenta suas matérias faz bem interessante o programa.
 
                        Não gosto da “´rasgação´ de seda”. Pode soar falso, demonstrar o que na verdade deixa de ser, o que não é. Mas MariMoon merece o carinho do público que a assiste.
 
                        Quem a vê, nas entrevistas que apresenta, constata a desenvoltura com que ela se comporta, para levar àqueles que a acompanham, as novidades interessantes. MariMoon é Show mano!
 
                        Além do badalado Scrap MTV você pode visitar também o blog da moça e, naquela seção destinada às fotos, poderá curtir os figurinos e acessórios inusitados.
 
                        Poderíamos afirmar que a apresentadora teria, a princípio, algo de rebelde, contestador, inconformado com as determinações impostas pelo grupo parental de onde veio.
 
                        Mas quem ousaria afirmar que essa característica não seria semelhante a todos os jovens da mesma faixa etária e classe social, neste princípio de século XXI, neste trecho da América Latina?
 
                        Então, num passeio pelo blog da MariMoon www.marimoon.com.br você também poderá ver uma reportagem bacana sobre os bastidores da gravação do Scrap MTV.
 
                        Para as pessoas mais antigas, mais experientes, o B-52 evocaria aqueles aviões Boeing, bombardeiros enormes, que compuseram a força aérea dos aliados e que demoliram as cidades nazistas na II Guerra Mundial. Mas nessa atual conjuntura o B-52´s é um grupo musical entrevistado pela MariMoon em 2:27min., conforme o vídeo a ser conferido.
 
                      Além desse você pode se deliciar com muitos outros, tais como aqueles em que a entrevistadora conversa com o fotógrafo de moda André Passos e Julia Petit.
 
                        Diríamos que assistir MariMoon pode assemelhar-se a curtir um voo sem turbulências, num céu de brigadeiro, ao lado daquela alma gêmea.
 
                        Quem gosta de TV não fica sem ver a MariMoon.
 
 
 
 
Fernando Zocca.
 
 
Adquira já o seu exemplar de MODERAÇÃO.
R$37,45
http://clubedeautores.com.br
                         
                       

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:39


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D