Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Criança mimada

por Fernando Zocca, em 30.03.15

 

 

 

 

 

 

Parece-nos que, a exemplo do acontecido com D. Pedro I e Jânio da Silva Quadros, as forças ocultas laboram no sentido de fazer a presidente Dilma deixar o cargo.
Como sabemos D. Pedro I abdicou em favor de seu filho, então com cinco anos de idade, indo para Portugal, onde seu irmão Miguel ameaçava usurpar-lhe o trono.
Jânio Quadros, diante das tempestades midiáticas que seus atos administrativos provocavam, bolou o plano de renunciar achando que o povo o recolocaria no poder, calando assim a voz insistente da oposição.
Getúlio Vargas preferiu outro caminho, deixando uma carta na qual dizia sair da vida para entrar na história.
Quando as falcatruas cometidas durante o governo Fernando Collor de Mello vieram à tona, muitos disseram que ele e sua primeira dama, tentavam desde há muiito tempo, valer-se das forças ocultas obscuras, objetivando condições propícias de governo.
Na minha opinião a presidenta Dilma deve manter sua linha ilibada de conduta, mostrando-se mais transparente possível. Ela já sabe que tudo o que fizer administrativamente causará objeções da oposição.
Os escândalos durante seu governo fustigam e balançam a administração assim como as ondas e a ventania sacodem o transatlântico.
Não há como competir ou agradar a grande mídia. É uma criança mimada, chorona, contrariadíssima com o resultado da própria sorte.
Dilma deve manter a cabeça no lugar evitando atos que possam ser usados contra ela, seu partido e seu governo.
Em Piracicaba, quando o governo municipal era ocupado por petistas, contrariando a lei que proibia as construções, na área da praça central, com altura maior do que as torres da Catedral, houve a inobservância da tal norma.
O descumprimento da lei possibilitou a construção de um edifício garagem bem maior do que as torres da igreja, gerando a suspeita de que tal fato contribuiu, de forma decisiva, para a hegemonia municipal do PSDB durante tantas e tantas gestões seguidas.
Apesar de ter a certeza de que tudo o que fizer suscitará oposição dos antipatizantes, a presidenta Dilma poderia girar um pouquinho mais para estibordo o timão da sua nau.
Afinal, tradição, família e propriedade não são tão ruins assim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:09


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D