Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Pedalando para manter a saúde

por Fernando Zocca, em 17.01.10

 

            Obesidade, culote, estrias? Se você meu amigo, minha amiga e senhoras donas de casa, afligem-se com esses problemas, saibam que eles agora têm uma solução. É claro que tudo depende do esforço que se deve fazer para manter a boa forma.
            Se o leitor é daqueles para os quais as atividades físicas não são desconfortáveis, a idéia de que a prática do ciclismo pode mesmo resolver os seus problemas, é bastante válida.
            Uma hora pedalando, em locais aprazíveis, representa a queima de calorias tão significativa que, em poucos meses praticando essa atividade, você notará a diferença no seu corpo.
            A gordura acumulada nas coxas e nos glúteos, pode muito bem transformar-se em massa muscular. Isso reduz a possibilidade de mais acréscimos adiposos na cintura e no ventre.
            A boa forma depende mesmo, não resta a menor dúvida, da atividade física regular. O sedentarismo traz problemas sérios como o diabetes, a hipertensão, os cardíacos e até emocionais.
            Portanto, se o meu nobre leitor mora no interior ou no litoral, é bom aproveitar aquelas horas de folga para, fazendo um pouquinho de esforço, manter a forma e a saúde, pedalando a bike preferida. O capacete é indispensável.
            Sozinho ou acompanhado, em uma ou duas horas, três vezes por semana, a prática do ciclismo seria benéfico. Eu particularmente, tenho experiência nisso. Dos noventa quilos que cheguei a pesar, em seis meses de pedaladas diárias, de três a quatro horas, reduzí o peso a sessenta e cinco quilos.
            Os amigos ficaram admirados. Os adversários cochichavam os boatos de que eu estava doente. Na verdade o bem estar que a tal prática produz é inenarrável. O certo é que todas as demais funções fisiológicas do corpo ocorrem com mais facilidade.
            Sempre é bom consultar o especialista em saúde. Mas se você estiver mesmo muito acima do peso, saiba que a prática direta do esforço físico, que representa o pedalar, pode ser-lhe prejudicial.
            Isso se a sua bicicleta não for motorizada. Se ela tiver um motor como esse modelo do vídeo, o esforço está reduzido.
            Com ou sem motor, se elétrico ou a gasolina, o importante mesmo é exercer a atividade física que envolva todos os músculos do corpo. O caminhar também é muito bom. O importante é caminhar pelas calçadas livres das ervas daninhas e buracos que podem provocar luxação nos tornozelos.
  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:25


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D