Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Estuprou a filha durante 30 anos

por Fernando Zocca, em 17.09.09

 

O jornal Herald Sun, de Melbourne, Austrália, informou que um homem foi preso em fevereiro, depois da denúncia feita por sua filha, de que ele a estuprava quase que diariamente, desde a década de 70, tendo quatro filhos com ela. O caso aconteceu no Estado de Victoria.
 
O homem iniciou os abusos sexuais quando a filha tinha 11 anos, mantendo-a calada, impedindo-a que contasse para alguém se não a agrediria. Segundo as informações publicadas, as quatro crianças nascidas do relacionamento incestuoso, tiveram problemas de saúde, sendo que uma delas morreu.
 
A vítima do degenerado teria denunciado o caso já em 2005, mas depois com medo, recusou-se a colaborar com a polícia. No ano passado ela denunciou novamente, quando então as autoridades realizaram exames de DNA comprovando os fatos.Foram feitas 83 acusações formais contra o ofensor.
 
A verdadeira esposa do criminoso, mãe da vítima, disse que nunca suspeitou que o marido mexia com a criança, informando ainda que a filha desconversava, quando perguntada sobre o pai dos seus filhos.
 
A família era acompanhada por assistentes sociais ligadas ao governo e por isso o caso ganhou repercussão, tendo inclusive havido pressões para que a ministra de Serviços Comunitários da Austrália Lisa Neville fosse demitida.
 
Por ter este caso semelhança com o do austríaco Joseph Fritzl, que manteve a filha presa num porão por 24 anos, tendo filhos com ela, a imprensa chama o agressor de “Fritzl australiano”.
 
 
Adquira e leia
O CASTELO DOS ESPÍRITOS
Por apenas R$ 28,98
No http://clubedeautores.com.br
                                     
 
 
 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:05


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D