Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O semelhante monitorado

por Fernando Zocca, em 02.07.09

 

                                   Não se sabe por que cargas d´água o PT insiste em ver a problemática José Sarney com tanta condescendência. Seria retribuição por qualquer gesto político ofertado, em passado recente, ao partido do Lula?
                                   Será que Lula e seus correligionários, objetivando as próximas eleições presidenciais, não desejariam remexer muito a sujeira que surge, aproveitando o momento para, oferecendo amparo, utilizarem-se disso na campanha?
                                   Pois não seria melhor para o PT extirpar logo os males e receber os créditos por isso, do que carregar a etiqueta de leniente com o semelhante monitorado?
                                   Abafar o caso, não seria mesmo muito mais vergonhoso do que espionar alguém e depois de descobertas as falcatruas, tentar acalmar tudo fazendo acordos?
                                   Em minha opinião o PT deve providenciar o que preconiza a lei nesses tipos de ocorrência. Houve a materialidade do delito, ou seja, houve crime? Sabe-se quem é o responsável por ele?
                                    Ora, se não houver dúvida quanto a isso e não forem tomadas as medidas determinadas na legislação, então, meu amigo, incompetentes são também as autoridades responsáveis que cuidam do assunto.
                                   É bom lembrar sempre que a ausência da punição gera a mentalidade da inconseqüência, da negligência. Do “Ah, isso não dá em nada” constrói uma espécie de certeza de que pode-se delinqüir sem temor de castigo.
                                   O que seria da mãe de família que, ao ver a integridade moral de seu filho ameaçada e, ao postular no Judiciário uma reparação, fosse frustrada por essa corrente da inconseqüência?
                                   Independente do que possa resultar a decisão política do PT, deve ele abraçar as normas instituídas sob pena de bagunçar ainda mais o coreto. Os preceitos fundamentais devem ser reforçados e defendidos sob pena instalar-se o desgoverno.
                                   Os sentidos de indignação, da equidade, o senso do justo, do correto, como não se transformariam em ressentimento e frustração diante dessa tentativa de acomodação, feita pelo PT?
                                   “Ora a lei! Aos meus amigos tudo. Aos meus inimigos a lei”, já dizia Getúlio Vargas. Será que é isso mesmo Lula?
 
 
 
Fernando Zocca.
 
Leia O Castelo dos Espíritos
R$ 28,98
http://clubedeautores.com.br

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:31


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D