Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dilma na Globo

por Fernando Zocca, em 10.08.10

 

               

              A candidata do PT à presidência da República Dilma Rousseff foi entrevistada ontem (9/8), por Willian Bonner e Fátima Bernardes, no Jornal Nacional.

 

         Dilma ressaltou que as diretrizes petistas priorizam a ascensão social, “o subir na vida”, para as classes populares.

 

        Respondendo à entrevistadora Fátima Bernardes Dilma disse não ser uma pessoa difícil e, que ocupou cargos administrativos antes da direção ministerial no governo Lula.

 

        Bonner chegou a comparar o desenvolvimento brasileiro com o do Uruguai, Chile, Rússia, Índia dentre outros países.

 

        Dilma respondeu que o Brasil passou por  processos mais difíceis de democratização, de desenvolvimento, e que sua população é, hoje, de 190 milhões de brasileiros; por isso as comparações com o Chile e o Uruguai não seriam coerentes.

 

           A candidata Marina Silva (PV) será entrevistada hoje, terça-feira, e José Serra (PSDB), na quarta. A ordem das entrevistas foi definida em sorteio.

 

         Veja abaixo o vídeo da entrevista da candidata petista à presidência da República Dilma Rousseff.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:49

Os ovos de tucano

por Fernando Zocca, em 07.08.10

 

              Os eleitores do senhor professor doutor Barjas Negri (PSDB) estão com um sorriso de orelha a orelha. E isso acontece em virtude de estar liderando as pesquisas, de preferência para a presidência da República, a candidata do PT Dilma Rousseff.

 

        Esses fenômenos ocorrem por haver a crença de que quando a presidência da República  está sob o comando dos adversários políticos, tanto o governo do estado quanto a prefeitura municipal de Piracicaba, terão dirigentes tucanos ou aliados.

 

        O traço inconteste que ressalta o governo do PSDB, por tanto tempo seguido nesta cidade, é a priorização das construções que levam concreto.

 

        Então o eleitor percebe a construção de duas ou três pontes, a mexida no traçado original da praça central, o esfalfamento de ruas já calçadas, e a intenção de construir um presídio para mais de 600 condenados.

 

        Enquanto isso o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo reprova, seguidas vezes, as contas da administração, por deficiência de aplicação dos recursos federais na educação das crianças piracicabanas.

 

        Por outro lado são gritantes as reportagens tanto dos canais locais de TV,  quanto dos jornais,  sobre o padecimento do eleitor mais pobre, quando necessita do atendimento nos postos públicos de saúde.

 

        As atitudes autoritárias, distantes, arrogantes e zombeteiras, próprias dos velhos coronéis, viciados em poder, são notáveis nesse grupelho bicudo, que se incrustou nas lides burocráticas do executivo e legislativo há tanto tempo.

 

        Seria exagero dizer que Piracicaba tem governo que faz só para os mais abastados? Não, não é exagero afirmar isso, na medida em que o eleitor percebe serem as ações tucanas dirigidas a quem tem automóvel.

 

        Negociando a vinda de uma montadora sul-coreana de automóveis para a cidade, desejaria dizer o tal governo penado, que a vida confortável, sem esse complemento industrial, já não seria mais possível.

 

        De certa forma, não deixaria de ter razão o tal partido plumoso; entretanto caberia, com certa urgência, saber organizar o atendimento público nas repartições destinadas a cuidar da saúde do eleitor.

 

        É bom que não se esqueçam da educação: gente civilizada gosta.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:54

Os perturbados

por Fernando Zocca, em 04.08.10

 

 

                 Pessoas perturbadas, emocionalmente instáveis, moralmente deficientes e intelectualmente primitivas, tornam o ambiente residencial impróprio ao desenvolvimento saudável das crianças.

 

       Esse mesmo adulto, em idade produtiva, desocupado, transtorna tanto a dinâmica do lar, que impede as brincadeiras das crianças, interferindo na evolução física e emocional.

 

       O analfabetismo impede os contatos dos deficientes com o mundo desenvolvido, com a saída do próprio umbigo e com as experiências das demais pessoas.

 

       A iliteracia facilita o vicejar das crendices e bota suas vítimas sob o capricho de quem pode manipulá-las. Não é raro haver “religiosos” e políticos amparando a situação da qual obtém credibilidade.

 

       Algumas afecções mentais tipo Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), ou agitação psicomotora, fazem das suas vítimas indivíduos insones, improdutivos e verborréicos; transforma-os em tiranos que agem sob crueldade, acicatando com estereotipias, os filhos, enteados, parentes e vizinhos.

 

       A infatigabilidade, a obstinação, e a beligerância tornam o inconformado reivindicante, um verdadeiro algoz dos que vivem ao seu redor.

  

       Ornados com certa credibilidade, alguns doentes mentais, em estágios mais avançados, podem incitar os parentes, amigos e vizinhos a promover arruaças, verdadeiros motins de rua.

 

       Sob surto psicótico, esse tipo de alienado, pode agredir com tijoladas, ou mesmo usar diuturnamente ruídos, vibrações de maquinário, e poluição do ar, como “castigo”, contra  quem antipatizam.

 

       As autoridades municipais coniventes mostram-se omissas, diante dos problemas desse tipo.

 

Você já viu o Maverick voador?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:06

Forçando a barra

por Fernando Zocca, em 01.08.10

 

 

                                       Como é que pode esse delegado de polícia Edson Moreira afirmar categoricamente que B$uno Souza é o responsável pela morte de Eliza Samudio? Onde está o corpo da vítima?

 

                    Se o ex-goleiro do F$amengo, tinha motivos pra se ver distante dela, os parentes da moça  envolvida com Luis Carlos Samúdio – pai de Eliza -  numa suposta ação de investigação de paternidade e alimentos, também teriam razões de sobra para prejudicar tanto o pai quanto a filha.

 

                    É pública e notória a dependência econômica, dos demais envolvidos nesse suposto crime, com o $x-atleta do Flamengo.

 

                    Uma vit$ria judicial, obtida por Eliza, contra Bruno significaria maior escassez monetária aos componentes do rol dos amigos do goleiro.

 

                     Veja que as conversas, entre as partes litigantes, davam conta de milhares de reais mensais e até de um imóvel em Bel$ Horizonte.

 

                    O doutor delegado Edson Moreira, apesar da experiência policial e da honradez, que fazem dele um excelente profissional, precipita-se ao afirmar pela imprensa, que o ex-goleiro do Flamengo é o culpado.

 

                    A autoria do suposto delito pode estar entre uma vintena de pessoas. A materialidade não foi provad$.

 

                    Como então afirmar, com tanta certeza, ser o Bruno o verdadeiro culpado pela morte de Eliza?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:52

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D