Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Usina lança coletânea na bienal do Rio

por Fernando Zocca, em 10.09.09

 

A Usina tem o prazer de convidar para o lançamento da Coletânea 10 anos da Usina a ser realizado na Bienal do Rio de Janeiro 2009, no Riocentro, no Pavilhão Laranja, estande 17 A (estande da sua Usina), neste sábado, 12 de setembro, a partir das 15 horas.
O endereço é Avenida Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca. Maiores informações no site: www.bienaldolivro.com.br
Confira abaixo a lista dos talentos que estão participando deste volume especial:
Zilda Costa, José Vaz, Béia Ayer, Neuza Pinto Nissen, Fagner Fonseca, Felipe Catusso, Marcos Airton de Souza Freitas, Roberto Toledo, José Araújo, Paccelli Zahler, Oliver Redublo Quinto, Alexsandre Moro, Antonieta de Sant' Ana, Claudia Vaz, Darcy Brito, João Evangelista de Araújo, Maria Vieira de Morais, Ana Maria Faustino, Fábio Aiolfi, Lucas Franciscon, Marcelo Henrique dos Santos Rodrigues, Marcos Teixeira de Souza, Maria Cristina Violante, Angela Sanchéz, Débora Villela Petrin, Maria Juliana Dacoregio, Maria Aparecida Torneros, José Luiz de Souza Santos - JL Semeador, Jorge Luís de Freitas Lima, José Ricardo Zani, José das Neves Netto, Sônia Carolina, Alfredo Albuquerque, André Ricardo Aguiar, - Zuleide Valente, Lurdinha Dantas, Júlio Cesar Freid´sil, Ione Garcez Vieira, Eulália Cristina Costa e Costa, Mirian Cury e Pedro Gomes da Silva. 
O SUCESSO DA BIENAL CONTINUA -  CONTOS PARA REFLEXÃO – de José Araújo 
Depois do lançamento da coletânea da Usina de Letras, Domingo será outro dia especial. Teremos no dia 13, a partir das 16 horas, o lançamento do livro mais bonito do ano. Prestigiando a Bienal do Rio, vem de São Paulo o excelente autor José Araújo para autografar o livro “Por um mundo melhor – contos para reflexão”, o próximo sucesso da Usina de Letras. São 22 contos sensíveis, humanos, que farão você chorar, rir e se emocionar com as coisas simples da vida, como no conto A TAMPINHA PREMIADA, onde um pai, mesmo sem poder, dá tudo para seu filho sem esperar nada em troca. Como esse filho poderá compensar um pai tão generoso? Leia os contos de José Araújo e se sentirá melhor e com vontade de fazer o bem!
VOCÊ SABE O QUE É HUMOR VERMELHO? – O LIVRO MAIS ENGRAÇADO DO ANO
O livro é bom? Até quem não ri, não conseguirá se segurar. Olha o que estão falando:
 “Ri muito. Quanta gente boa reunida. Bem-vinda a nova safra de humoristas. O humor brasileiro está garantido. Quando sai o volume 2?” - Ziraldo
 A Usina lançou em primeiro de setembro no Rio de Janeiro a coletânea de Humor Vermelho, com alguns dos melhores roteiristas, escritores, atores e artistas brasileiros. Entre eles, Fernando Caruso (o maior sucesso do teatro com a peça Zé – Zenas Emprovisadas), o cantor Leo Jaime, o roteirista da Grande Família, Mauricio Rizzo, Wladimir Weltman, de Zorra Total, Isabella Saes, apresentadora do programa de rádio A HORA DO BLUSH, na Rádio Paradiso, entre outros. O livro é o maior sucesso de vendas e alguns dos autores estarão autografando logo após o José Araújo, no Domingo, a partir das 19h.
Participe das novas coletâneas USINA DE POESIAS e USINA DE CONTOS           
A participação pode ser a partir de duas páginas, a um custo de R$150,00 reais, onde o autor ganha 20 exemplares. Cada página adicional custa R$75,00 e dá direito a mais 10 exemplares. 
Envie já seus textos para avaliação. A promoção vale apenas para o mês de julho.  
A nova coletânea da Usina será de poesias eróticas.                           
Prepare suas poesias. A nova coletânea está aberta. Será a primeira vez que a Usina publicará uma coletânea neste gênero. Por tratar-se de uma coletânea adulta, não é objetivo da coletânea fazer um tratado sobre a diferença entre erotismo e pornografia.
Cada autor poderá participar com quantas poesias quiser.
Será uma edição compartilhada com no máximo 200 páginas. Cada autor que tiver uma página aprovada, irá pagar R$100,00 e receberá 10 exemplares impressos.
Faça sua seleção e nos envie.
Publique seu livro solo - Campanha de final de ano                       
Em agosto, dê um presente para seu pai, mãe, avós, marido, mulher, filhos ou amigos. Publique o livro deles para o Natal por 5 parcelas de R$599,00 e receba 150 exemplares de até 150 páginas no formato 14x21cm, com capa colorida e orelhas.
 
Novos Franqueados e Representantes da Usina!                           
Agora a Usina está mais perto de você! Em agosto a Usina passou a ter novos representantes e editores associados. Confira abaixo os que estão mais pertos de você. Vocês já podem entrar em contato direto com nossos editores:
Contagem: alina@usinadeletras.com.br
São Paulo: elaine@usinadeletras.com.br e caio@usinadeltras.com.br
 
Rio de Janeiro: tomaz@usinadeletras.com.br, barbara@usinadeltras.com.br e
 berlim@usinadeltras.com.br
Brasília: editor@usinadeletras.com.br
Campinas: murilo@usinadeletras.com.br
Niterói: wagner@usinadeletras.com.br
 
 
Publique seus textos no site da Usina
www.usinadeletras.com.br
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:49

O jeito estúpido de ser

por Fernando Zocca, em 09.09.09

 

                        Quem ainda não assistiu ao CQC da Band, pode ficar sossegado. Você até agora não perdeu nada de imprescindível e nem deixou de ganhar o indispensável.
 
                        O pessoal do CQC tenta superar a falta de jeito, de tato nas abordagens, com os constrangimentos que provoca, nos seus entrevistados, exibidos para o Brasil todo.
 
                        Cremos que essa turma, liderada por Marcelo Tass, motivada pelo que acreditam terem feito de errado, algumas personalidades políticas, ao fazer o que faz, intenciona puni-las com o vexame.
 
                        A truculência como resposta, do tempo da ditadura, não é utilizada em virtude das possibilidades da ampla divulgação oferecidas pela internet e pela emissora que hospeda o programa.
 
                        Porém isso não significa que a falta de bons modos desse pessoal, que a semelhança daqueles que agridem aos professores, e outros alunos vulneráveis, nas escolas e bairros periféricos das cidades,  possa ficar sem qualquer tipo de reação.
 
                        Até que ponto a suspeita de irregularidades, cometidas por políticos, justificaria a deseducação e a grosseria nas entrevistas?
 
                        Falta de educação tem cura?
 
                        O público quer mesmo ver as autoridades políticas e demais personalidades constrangidas pela deselegância, pela ausência de etiqueta?
 
                        A satisfação que levaria alguém a ver esse tipo de exibição, até então inédita na TV brasileira,  motivaria os idealizadores do programa. Faz parte da concepção do projeto o prejulgamento de que o entrevistado tem atitudes moralmente condenáveis.
 
                        O CQC achou na falta de educação, na grosseria, a forma de participar do mercado. Ninguém nunca tinha visto isso antes, na história da nossa TV.
 
                        No caso de o CQC fazer escola, teríamos uma legião de entrevistadores truculentos, vindo por ai?
 
                        A diferença existente entre os praticantes do bullying  nas escolas e bairros periféricos das cidades, da linha seguida pelo CQC, está no fato de que os primeiros hostilizam às ocultas e à distância, enquanto que o segundo o faz face a face.
 
                        A semelhança entre ambos está na hostilização. 
 
                        Esse jeito de agir autoritário, prepotente é característica dos grandes latifundiários e senhores de engenho escravocratas do século XVIII,  que ainda compõe a ideologia norteadora das seitas e partidos políticos no poder, nos dias atuais.
 
                        Esse jeitão estúpido de ser é traço daqueles que defendem as privatizações, incentivam os juros bancários impagáveis, conduzindo milhares de incautos aos meandros escuros e incertos das pedreiras, do empreendorismo.
 
                        Bons modos e respeito não fazem mal a ninguém.  
 
 
Fernando Zocca.
 
 
 
MODERAÇÃO, você encontra por apenas
R$ 37,45 no http://clubedeautores.com.br

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:56

O sufoco do embate

por Fernando Zocca, em 04.09.09

 

                       O Esporte Clube Corintians Paulista completou no último dia 01 de setembro, os seus 99 anos. Muita gente não sabe, mas as fontes de inspiração, que  motivaram a geração do time, vieram mesmo da Inglaterra.  Na própria história do alvinegro consta que depois de assistirem a uma exibição de times ingleses, um grupo de cinco trabalhadores teria criado o time.
 
                        O uniforme do Corinthians, formado pelo calção preto, a camisa e as meias brancas seria referência ao uniforme do selecionado inglês. Isso sem nem ao menos falar que tanto o padroeiro do “curinctha” quanto o da Inglaterra não seria outro senão o poderoso São Jorge guerreiro.
 
                        Quem teve a felicidade de estudar a história do Brasil, sabe que a Inglaterra, tradicionalmente, sempre foi aliada de Portugal, tendo inclusive auxiliado-o na transferência da corte em 1808, para o Brasil, quando Napoleão Bonaparte aprontava lambanças na Europa.
 
                        É claro que a Espanha teve a França como parceira confiável e no povoamento da América Latina, tanto esta como aquela desempenharam papéis importantes.
 
                        A França idealizou a Guiana Francesa, ao norte do Brasil, e a Espanha colonizou dentre outros países, também a Argentina.
 
                        Em 1982 a nossa irmã do sul, terra do Maradona, envolveu-se numa quizumba séria com a Inglaterra por causa das ilhas Malvinas. Alegando que os ingleses as tomaram à força em 1833, os nossos queridos vizinhos ocuparam-nas também “na marra”. Daí a ocorrência do maior “quebra-pau”, que só terminou, com o revés argentino, alguns meses depois de começadas as hostilidades.
 
                        Hoje a nossa “hermana”  tem os governos escolhidos pelo voto popular e aquele ânimo guerreiro portenho concentra-se no selecionado argentino.
 
                        Por falar em selecionado, tanto a seleção do Brasil quanto a da Argentina se enfrentarão amanhã, sábado (5/9), às 21h30min, no estádio gigante de Arroyito, em Rosário, na partida válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo em 2010.
 
                        Não dá pra duvidar que o sufoco imposto pelo argentinos, será uma das características da natureza desse tipo de embate.
 
 
 
 
MODERAÇÃO
Você encontra no site http://clubedeautores.com.br
R$37,45
 
 
 
                          
    

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:13

Os dentinhos da serra

por Fernando Zocca, em 03.09.09

 

Tendes Trame muito vexado por causa das ocorrências na fabriqueta do Grogue, recolheu-se à sua insignificância e foi a muito custo que o demoveram das idéias e desejos de abandonar tudo.
 
Trame gostava mais de mel do que qualquer urso faminto. Na realidade aquele seu temperamento fleumático era mais resultante da doçura que o compunha do que herança genética.
 
Foi assim então, adoçando-lhe o bico, que o pessoal do Jarbas, o fronteiriço, obteve êxito nas instigações de reanimação.
 
O sucesso do Grogue deixava Trame tão esquisito que, de vez em quando, tomava-no algumas vontades súbitas de passar defronte a fabrica e, de modo velado, dizer disparates.
 
Tendes não tinha grande cabedal lingüístico e esse fator determinava a repetição monótona das frases com as quais julgava fustigar o empresário Tupinambiquense.
 
As atitudes infantis do Trame, inspiravam no Grogue certa compaixão fundeada na consciência de que suas agressões eram frutos do desconhecimento das verdades santas.
 
Ciúmes, inveja e muito ódio faziam do descontrolado Trame um ser equivocado disposto mais a agredir do que a dialogar.
 
Van achava que a timidez prolífica existente na personalidade do eleitor Trame cerceava qualquer iniciativa de conversação. Ora, Grogue considerava serem essas atitudes invulgares características fundamentais dos seres primitivos, mas segundo constava Trame teria terminado, com relativo sucesso, o curso de alfabetização.
 
Então como é que poderia se mostrar assim tão insano o Tendes Trame?
 
Na verdade Tendes era um burro mesmo!
 
Numa ocasião vendo-se no ápice de uma crise depressiva, colocou nos próprios pulsos um par de algemas. O deficiente jogou a chave no vaso sanitário dando logo em seguida a descarga.
 
Ele justificou o gesto doido com a seguinte explicação: “Esse Grogue maldito desnorteia Tupinambicas inteira e ninguém faz nada. Assim não dá! Assim não pode!”
 
Uma agregada, debulhando-se em lágrimas, exprimiu desse modo o que lhe inspirava a circunstância:
 
- Ô amargura!
 
Pareado com o auto-aprisionamento achou Tendes que poderia protestar fazendo uma greve de fome. E se não fosse o desprendimento de alguns assessores, teria o desditoso deixado de comer por mais de trinta dias.
 
Algemado e deitado naquele berço, que de esplêndido nada tinha, o infeliz só foi salvo por um auxiliar que, com uma serra miúda, seccionou os elos da corrente.
 
E foi assim, meu amigo leitor, que o insensato Trame viu-se livre das peias que impôs a si mesmo.
 
A liberdade do Tendes só foi assegurada pelos dentinhos da serra.
 
 
Adquira agora mesmo o seu exemplar de
 O Castelo dos Espíritos.
R$28,98
 

http://clubedeautores.com.br

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:06

Corinthians aniversaria hoje

por Fernando Zocca, em 01.09.09

 

                                  Hoje 1º de Setembro, o Corinthians, campeão Paulista invicto em 2009, completa 99 anos. Leia a seguir um pouco da história do timão, campeão dos campeões.
 
            No dia 1º de Setembro de 1910, depois de assistirem a uma partida de futebol de um time inglês, os cinco trabalhadores Joaquim Ambrósio, Carlos da Silva, Rafael Perrone, Antônio Pereira e Anselmo Correia uniram-se a mais oito pessoas e fundaram o “Sport Club Corinthians Paulista” tendo elegido como primeiro presidente o alfaiate Miguel Bataglia.
 
            Na sua primeira manifestação como presidente Miguel teria dito:"o Corinthians vai ser o time do povo e o povo é quem vai fazer o time".
 
            Da primeira coleta à compra da primeira bola transcorreu uma semana. O campo de futebol do time foi feito num terreno alugado na Rua José Paulino, onde ocorreu o primeiro treino, diante de uma grande platéia entusiasmada, no dia 14 de setembro.
 
            O Sport Club Corinthians Paulista foi aceito na liga Paulista de Futebol em 1913, depois de ter pleiteado uma vaga, tornando-se o quarto, dos chamados “três mosqueteiros” que compunham o grupo. Os times que estavam inscritos antes na instituição eram o Americano, o Germânia e o Internacional.
 
            Grandes atletas passaram pelo Corinthians durante sua história quase centenária. Nomes como Neco, Luizinho, Cláudio, Baltazar, Gilmar, Rivelino, Sócrates, Biro-Biro, Ronaldo, Neto, Marcelinho Carioca, Dida, entre outros, são lembrados até hoje com muito carinho pela torcida fiel.
 
            Veja a lista dos nomes dos presidentes:
 
Os presidentes

1910 - Miguel Battaglia
1910/1914 - Alexandre Magnani
1915 - Ricardo de Oliveira
1915/1916 - João Baptista Maurício
1917 - João Martins de Oliveira
1918 - João de Carvalho (interino)
1918 - Albino Teixeira Pinheiro
1920/1925 - Guido Giacominelli
1925 - Aristides de Macedo Filho
1926 - Ernesto Cassano
1927 - Guido Giacominelli
1928 - Ernesto Cassano
1929 - José Tipaldi
1929/1930 - Felipe Colonna
1930/1933 - Alfredo Schurig
1933 - João Baptista Maurício
1933/1934 - José Martins Costa Jr.
1935/1941 - Manuel Correcher
1941 - Mário Henrique Almeida (interventor)
1941 - Pedro de Souza
1941/1943 - Manuel Domingos Correia
1944/1946 - Alfredo Ignácio Trindade
1947/1948 - Lourenço Fló Júnior
1948/1959 - Alfredo Ignácio Trindade
1959/1961 - Vicente Matheus
1961/1971 - Wadih Helu
1971/1972 - Miguel Martinez
1972/1981 - Vicente Matheus
1981/1985 - Waldemar Pires
1985/1987 - Roberto Pasqua
1987/1991 - Vicente Matheus
1991/1993 - Marlene Matheus
1993/2007 - Alberto Dualib
2007 - Clodomil Antonio Orsi (interino)
2007 - Andrés Sanchez.
 
 
            Nesta data querida, os blogs monitornews, laranjanews, oficina, bigbomblog, bateria, barbatana e tamborim desejam ao Corinthians muitas felicidades, muitos anos de vida e bastante sucesso. Salve o Corinthians!
 
Fernando Zocca.
 
Leia MODERAÇÃO
R$37,45
http://clubedeautores.com.br
 
 
 
 



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:41

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D