Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A Observância das Leis

por Fernando Zocca, em 19.06.13



 
Não resta a menor dúvida sobre a capacidade das polícias, tanto a Federal, quanto  a Civil, para as investigações dos crimes das suas alçadas.
 
Entretanto não há que impedir o Ministério Público de agir na busca da verdade, conforme lhe assegura o  artigo 129, inciso VI da Constituição Federal e, em São Paulo, o artigo 104, inciso I "b" da lei complementar 734 de 26/11/93 (Lei Orgânica do Ministério Público).
 
A verdade é sempre bem vinda, seja ela trazida por qualquer desses agentes institucionais republicanos.
 
Só não interessaria, a continuação do papel investigativo do Ministério Público, àqueles a quem aproveita a manutenção dos segredos das fraudes e dos crimes lesivos às finanças do Estado.
 
Assim como a estes patifes, também é politicamente bastante vantajosa, a ação da claque, iniciadora da suposta reprovação da figura da presidenta da República.
 
O papel investigativo do MP é tão importante quanto a ação repressiva, pela Polícia Militar, dos atos de vandalismo, ocorridos durante os protestos contra os aumentos das tarifas do transporte público.
 
É só a quem tem muito a esconder, repetimos, interessa o retrocesso representado pelo Projeto de Emenda Constitucional 37. 
 
Perceba que a pretensão limitativa contra o MP favorece o recrudescimento do tráfico de influência exercido por maus políticos, (notadamente deputados federais), nas repartições da polícia judiciária.
 
Ao coronelismo importa, e muito, a ascendência sobre os organismos policiais, pois é com ela que as estruturas sociais injustas são mantidas.
 
Quem fala em aprovação da PEC 37 crê na "verdade imutável" de que "o rico fica cada vez mais rico, e o pobre cada vez mais pobre".
 
Queremos crer que as funções, tanto das polícias, quanto das demais instituições republicanas sirvam, antes de tudo, para a observância das leis, manutenção da ordem, do progresso, da paz e do sucesso nacional.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:49


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D