Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Armadilhas Afetivas

por Fernando Zocca, em 16.04.12

 

 

             Pois foi então meu amigo, minha amiga e senhoras donas de casa que deu-se tudo o que se deu. Da mesma forma que o Iscariotes executou o que havia antes sido traçado pra ele, as almas perversas também efetuaram os planos corruptores dantes planejados.

       A astúcia dos corruptores é a mesma tanto na elaboração dos projetos de sangria dos cofres públicos, quanto nas armadilhas afetivas que elaboram contra os que a eles se opõem.

       A marca da administração de uma cidade você averigua pelo estado em que se encontram os seus habitantes. O atendimento nos postos de saúde, a atenção nas creches municipais e a má gestão das verbas destinadas à educação, destacam-se tão ou mais vivamente, do que os viadutos e pontes.

       Posso afirmar, com muita certeza, que em Piracicaba, nunca houve um embotamento popular tão intenso, quanto o havido durante a gestão desse pessoal do PSDB.

       Os caras não pensam de outra forma que não seja pela atribuição de valor monetário no que fazem.

       Se o benefício político próprio é maior do que os custos, no asfaltamento do que já está asfaltado, fazer pontes onde não há necessidade, e viadutos que não levam a lugar nenhum, do que aplicar o dinheiro na educação das crianças, e na melhoria do atendimento público na área da saúde, eles assim o farão.

       O PSDB doou uma área de terras enorme à multinacional Hyundai, concedendo-lhe também a isenção de impostos por um século ou mais. Em troca do quê?

       De emprego? Engana-se o piracicabano se pensa que poderá trabalhar nesta fábrica. Primeiro, que ela é totalmente automatizada, isto é, não ocupará força muscular. Segundo, que para desempenhar atividade ali é preciso ter conhecimento relacionado à construção de automóveis, e aqui em Piracicaba, com raras exceções, isso não é comum.

       Portanto a vinda desta montadora para Piracicaba só tem como vantagem, única e exclusivamente, o “capital político” para o PSDB, nada mais.

       Esse pessoal já constrói um presídio com a capacidade para mais de 700 condenados. Um vereador já alertou a todos sobre a possibilidade de atentados contra os bens públicos municipais.

       A vulnerabilidade dos dutos de gás, pontes, e viadutos estaria aumentada, na mesma proporção crescente do turismo, praticado pelos parentes dos presos.

       Com o PSDB quem ganha são os industriais, os bancos, as grandes empresas de comunicação e os latifundiários.

       Quem perde é você eleitor que lá os mantém.     

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:10


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D