Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Em palpos-de-aranha

por Fernando Zocca, em 28.03.11


 

 

                          Faz parte do rol dos princípios básicos do jornalismo a confirmação dos fatos. Ou seja, se a fonte não for confiável, o comunicador poderá se constranger, devendo depois retratar-se.


                        Quem, em sã consciência, noticiaria que um bandido tentou matar o vizinho à tijoladas, se não tivesse o depoimento de duas ou três testemunhas, ou a foto do marginal, praticando o crime?


                        Bom, mas e daí? Quando essa “barriga” é cometida, qual é a melhor solução?


                        Quando o blogueiro, por exemplo, noticia que o prefeito tal, foi detido pela Polícia Federal, por suspeita de envolvimento nas fraudes de licitações, e na verdade a prisão se realizou pela Polícia Civil, não há muito que emendar.


                        Mas se não foi o prefeito o detido, e sim o presidente da Câmara Municipal, então o noticiador deverá vir a público e consertar o equívoco.


                        O blogueiro noticiador prima pela veracidade dos fatos. É comunicando a verdade que esse verdadeiro agente social independente mantém a credibilidade.


                        Ninguém está isento das induções do cometimento de erros. Entretanto contra os equívocos existem o direito de resposta, o reconhecimento do equívoco, e também a seção de comentários nos blogs.


                        A confirmação do fato, antes de qualquer comentário público, ou veiculação, desonera o comunicador dos embaraços decorrentes das atitudes impulsivas, geradas pela emoção.


                        A comunicação social é também paixão, mas se não houver a justa aplicação da racionalidade, corre-se o risco de, num caso de barriga, ficar, às vezes, sem saber o que fazer, perdido em verdadeiros palpos-de-aranha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:34


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D