Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Governo do Estado adia a construção de cadeias

por Fernando Zocca, em 16.09.09

 

O governo do Estado de São Paulo, no último sábado (12), desistiu de implantar as 49 cadeias planejadas para as cidades paulistas. Para os experts em política, a decisão estaria fundamentada no fato de que em 2010, ano de eleição presidencial, os tais “presentes” não atrairiam os muitos votos necessários ao candidato do partido.
 
            A oposição ao governo de Barjas Negri (PSDB) em Piracicaba, composta pelo PT e mais alguns vereadores do PR comemorou a decisão, que foi atribuída ao movimento contrário a essa pretensão descabida.
 
            De fato, em junho deste ano, os vereadores José Pedro Leite da Silva (PR), José Antônio Fernandes Paiva (PT) e Laércio Trevisan (PR) lideraram passeata, fizeram um abaixo assinado com mais de 18.000 assinaturas e promoveram debates públicos com os quais expuseram os perigos da empreitada desarrazoada.
 
            Também participou da campanha contra a edificação da masmorra piracicabana o deputado estadual Roberto Felício do PT. “Evidente que não dá para ter certeza sobre o que realmente motivou a decisão do governador, mas dá para dizer que a pressão popular foi sentida e contribuiu”, disse ele numa entrevista publicada ontem no jornal a Tribuna.
 
            Atualmente a intenção do governo do PSDB, no Estado de São Paulo é oferecer 40 mil vagas nas 49 unidades prisionais, com as quais quer contribuir para o progresso, do mais importante estado da união.
 
            Ainda com relação ao adiamento do início das obras do governo estadual, o deputado Roberto Felício (PT) analisou como sendo a provável necessidade de esperar a passagem da época das eleições, para então prosseguirem com o projeto. “É bem possível que seja uma forma de a administração deixar baixar a poeira sobre o presídio e, assim, não ter de enfrentar um debate como esse justamente num ano de eleição”, definiu Roberto.
 
            A assessoria da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) divulgou no dia 12 à tarde, o comunicado oficial sobre a decisão do governo de cancelar temporariamente as licitações das 49 unidades prisionais. A pasta declarou que há um trabalho constante de combate ao crime no estado e que esses presídios fazem parte deste planejamento do governo estadual.
 
              “O processo de pré-qualificação foi revogado por conta de apresentar uma série de peculiaridades, inicialmente não previstas, em especial no que tange a localização das obras, valor do investimento, formas de financiamento e cronograma de execução, carecendo de ampla cooperação com diversas secretarias de estado para o andamento deste programa” informou o comunicado.
 
 
 
Por apenas R$ 45,12 você adquire o seu exemplar de
 
PIRACICABA É NOTÍCIA
 no http://clubedeautores.com.br


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D