Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Hoje o Grande Comício da Vitória

por Fernando Zocca, em 27.09.10

 

 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, o candidato ao governo de São Paulo, Aloizio Mercadante (PT), os candidatos ao Senado pelo estado, Marta Suplicy (PT) e Netinho de Paula (PCdoB), participarão hoje (27/09) às 18h, no Sambódromo do Anhembi, do Grande Comício da Vitória.

 

Na reta final da campanha eleitoral, apenas a seis dias antes das votações, do primeiro turno, que ocorrem no domingo (03/10), este será o último grande comício da Coligação União Para Mudar. Não deixe de participar desse momento histórico!

 

O Sambódromo do Anhembi fica na Avenida Olavo Fontoura, nº 1209, Santana – ao lado da Marginal Tietê e próximo da estação Portuguesa-Tietê do metrô.

 

Veja momentos da visita de Mercadante ao Guarujá.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:03

A Janela

por Fernando Zocca, em 23.09.10

 

                               Van de Oliveira Grogue caminhava atordoado, pela calçada esburacada, naquela quarta-feira, do final de agosto; ele seguia rumo ao bar do Bafão, como os demais colegas que também chegavam junto. O relógio marcava meio dia.

 

                Usando pantufas verdes, Van pisou com o pé direito no degrau da porta do boteco. E se não fosse pelo tropeção que dera, depois do primeiro passo dentro do estabelecimento, poder-se-ia dizer ser triunfal, aquele seu ingresso.

 

                Com um guardanapo no ombro esquerdo, Bafão sentiu que se não tivesse calma, naquele dia o ambiente tornar-se-ia bastante hostil.

 

                Van de Oliveira, com um gesto de quem pede a pinga usual, fez Bafão deixar de assear o tampo do balcão e o servisse com a bebida.

 

                Antes mesmo de pegar o seu copo Grogue achegou-se a uma das mesas postadas próxima a janela, onde estava Edgar D. Nal, que sorvia com calma, a sua cerveja geladíssima.

 

                Ante a presença do colega que se aproximava, D. Nal bateu ostensivamente com o indicador da mão direita no cigarro, fazendo a cinza cair sobre o cinzeiro fixado no centro da mesa.

 

                Grogue então se sentou dizendo:

 

                - Mas que baita calor. Não suporto!

 

                - Também com essas pantufas verdes. Nunca vi ninguém sair pro boteco usando isso. – respondeu Edgar.

 

                - É que não achei meu tênis. Estava com pressa de vir pra cá. Perdia hora, por isso pus a primeira coisa que me apareceu.

 

                Trazendo uma dose de pinga, a garrafa de cerveja e o copo limpo, Bafão aproximou-se. O guardanapo sobre o ombro direito, quase caiu quando ele se inclinou para servir o freguês.

 

                Numa talagada Van ingeriu a pinga. E depois ao encher o outro copo com a cerveja, foi dizendo:

 

                - Você não sabe o que me aconteceu. – ante a curiosidade do Edgar, estampada no seu próprio rosto, Grogue prosseguiu – Me disseram que a Cleide... Lembra dela?... dava pra todo mundo. Eu não acreditei, mas os dois caras, tanto o Tonhão quanto o Zezinho garantiram que ela dava, assim, numa boa, pra quem pedisse.

 

                Edgar D. Nal engasgou com a fumaça que acabara de aspirar, mas logo ingeriu outro gole de cerveja, preparando-se para as novidades. Grogue então prosseguiu:

 

                - Eu acreditei e resolvi falar com ela. Num dia qualquer, eu que estava dentro de casa, ouvi a voz da Cleide que vinha pela calçada e se aproximava da minha casa. Então corri, peguei uma cadeira e a pus debaixo da janela.  Fiquei na espreita. Quando a gostosa passou eu a chamei. Ela parou, virou-se, voltou alguns passos e olhou diretamente para mim. Dai eu disse: Ocê não quer dar pra mim?

 

                Edgar tossiu quase perdendo o fôlego. Bafão, que servia outras pessoas, derrubou um copo vazio sobre o balcão, e o gato preto que morgava na soleira, arrepiou-se todo.

 

                - Bom – continuou Van Grogue – ela então respondeu: “Mas como assim? Dar o quê pra você? Ocê está louco? Cadê a sua mulher, canalha? Chama lá a sua mulher que eu quero falar com ela”. Depois que ela disse isso em voz alta, chamando a atenção da vizinha da direita, da esquerda, da frente e lá da esquina, eu quase morri de vergonha. Abaixei a cabeça, ali mesmo na janela, e entrei vexado.

 

                - Mas você è uma besta mesmo! Onde já se viu acreditar no diz essa gente daqui. – censurou Edgar.

 

                - Você acredita que a mulher ficou um tempão a vociferar diante da minha casa? Nossa! Eu quase faleci acanhado – confessou Van Grogue.

 

                - Foi uma aprontada que armaram pra você. Só pode ter sido.

 

                - É mesmo. Era uma armação de gente magoada. – concluiu Grogue depois de um longo tempo que passara a segurar o copo diante dos lábios.

 

Texto revisado em 24/09/2010

 

           

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:46

Marta visita Sindicato dos Taxistas

por Fernando Zocca, em 21.09.10

 

A candidata do Partido dos Trabalhadores ao senado federal por São Paulo, Marta Suplicy, visitou na manhã de ontem (20/09), o Sindicato dos Taxistas de São Paulo.

 

Acompanhada por Jilmar Tatto e Josias Lech, dois personagens importantes na área de transporte, durante sua gestão quando prefeita de São Paulo, Marta foi recebida pelo presidente Natalício e outros integrantes da diretoria.

  

Jilmar Tatto foi Secretário Municipal de Transportes e é atualmente candidato a deputado federal; Josias Lech foi diretor do departamento de transporte público da capital, sendo hoje vereador pelo PT de Campinas.

 

“A categoria tem todo o respeito e carinho por Marta: 95% votam em Marta Senadora”, afirmou o presidente Natalício. Estima-se que o Sindicato tem 33.700 taxistas associados na cidade de São Paulo.

 

Natalício lembrou ainda que a classe tem uma dívida com a Marta prefeita. Ela iniciou o  diálogo com os taxistas, durante sua gestão na prefeitura, e estabeleceu um relacionamento bastante amistoso.

 

Para priorizar o transporte público, facilitando a rotina dos taxistas, Marta criou os corredores de ônibus que também são utilizados pelos táxis.

 

No encontro Marta recordou que deixou projetados 300 km de corredores de ônibus, quando foi prefeita, e que esse projeto não foi levado adiante nas gestões seguintes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:11

Bico grande para falar e pequeno para fazer

por Fernando Zocca, em 20.09.10

 

A candidata da coligação para o Brasil Seguir Mudando Dilma Rousseff e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, participaram de mais um comício com milhares de pessoas, agora em Campinas (SP), a nona cidade mais rica do país.

 

Dilma falou diretamente com a plateia no Largo do Rosário, em Campinas fazendo uma avaliação sobre que tipo de país as pessoas devem escolher nos próximos quatro anos. “Vamos decidir o rumo do Brasil, para onde esse país vai. Nós queremos aquele país do desemprego? Não [respondia junto com os eleitores]. Nós queremos aquele país da desigualdade? Não [disse novamente com a militância]. Aquele país que ninguém tinha chance de subir na vida? Não. Nós queremos aquele país que deu chance para as pessoas”, completou.

 

“Esse legado de justiça social, de desenvolvimento e respeito ao meio ambiente. Vou seguir um conselho que o Lula me deu: olha, você sabe que o difícil não é governar, o difícil é governar com o coração cuidando do povo brasileiro. Para cuidar do povo brasileiro tem que ter lado e saber de que lado você está. Nós sabemos de que lado estamos. Estamos do lado dos 190 milhões” disse a candidata ao comentar sobre o legado do governo Lula.

 

O candidato a vice, deputado Michel Temer (PMDB-SP), fez questão de ressaltar a importância da festa popular:  “Quando eliminamos o showmício, todos os deputados disseram que não haverá mais comício nesse país. Mas o governo Lula foi tão benéfico e grandioso que os comícios se repetem pelo show do governo Lula”, disse.

 

O presidente Lula condenou o comportamento da oposição nessa eleição. Segundo ele, os tucanos têm agido com soberba e empáfia, assim como fizeram quando estavam no governo.

 

“Não tem nada que faça um tucano sofrer mais do que a gente mostrar que eles tem bico grande para falar e bico pequeno pra fazer. Eles não gostam de comparação, odeiam que a gente mostre o que eles fizeram e o que nós fizemos. Os tucanos nunca receberam os trabalhadores, os estudantes. Os tucanos não ouvem. Eles não têm ouvido. Eles só têm bico e bicam, bicam”, disse Lula, durante o discurso.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:17

O falador compulsivo

por Fernando Zocca, em 19.09.10
 

            O falador compulsivo é o maluco incansável que passa mais de 72 horas falando sem parar. Suas palavras são quase sempre as mesmas e ele busca com isso a homeostase.

 

       A compulsão é a mesma que leva um sujeito à bebida alcoólica, a fumar desesperadamente ou entregar-se aos jogos de azar. É uma força incontrolável que pode trazer desconforto para os parentes mais próximos e vizinhos.

 

       As chamadas estereotipias compõem o vocabulário do paciente, que por ser iletrado, não consegue se livrar da tensão, fruto do meio ambiente, de outra forma que não seja a tal fala automática.

 

       Da mesma forma que alguns acometidos pela tuberculose criam que para sarar, precisavam passar a doença para outras pessoas, não é incomum encontrar a mesma certeza, no doente portador desse transtorno mental.

 

       Na idade média o tratamento para tal tipo de afecção era o exorcismo. Mas nos textos do velho testamento encontram-se alusões à língua e aos males que ela pode proporcionar.

 

       Conhecidos também como “obsessores”, os indivíduos portadores dessa anormalidade, são muitas vezes encarados como “médiuns” que manifestariam espíritos malignos.

 

       O analfabetismo impeditivo do contato intelectual e emocional com outras pessoas serve para a proliferação das crendices e superstições. Observa-se também o uso de estupefacientes no ambiente familiar desorganizado, carente de higiene e totalmente controlado pela personalidade cruel.

 

       As crianças, impedidas de brincar, são imobilizadas pelo falar incessante. O tal controlador, muita vez conhecido como “babá”, busca a credibilidade, com a qual obtém a obediência dos infantes, “prevendo” os fatos que ocorrem no dia a dia do quarteirão.

 

       Não exageraria quem dissesse ser a existência desse tipo de anormalidade do inteiro conhecimento das autoridades competentes do município. Acontece que por razões de ordem política, ao invés de sanarem os tais núcleos infecciosos, elas os incentivariam, por meio dos seus representantes chamados “religiosos”.

 

       Crianças, pessoas idosas ou debilitadas da vizinhança, podem adoecer gravemente por causa desse tipo de agressão – incivilidade - que extravasa quintal afora.

 

       Se nos tempos passados – antiguidade e idade média – usavam o exorcismo ou a imolação nas fogueiras, para acalmar o tecido social febril das cidades, hoje em dia, os neurolépticos são mais eficazes.  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:40

Carol Dieckmann será capa da Boa Forma

por Fernando Zocca, em 14.09.10

 

 

                     Bom, hoje, aqui neste blog mudaremos um pouco de assunto. Você, meu fiel leitor, que tem nos acompanhado, durante esses anos todos, pôde perceber os nossos esforços no sentido de tentar propiciar a transformação de algumas situações, que não consideramos justas.

 

                    Entretanto deixemos de lado, por enquanto, esse tema e falemos um pouco sobre novelas. Quem é que não gosta, não é verdade?

 

                    A “Passione” do Sílvio de Abreu, produzida e exibida pela Rede Globo de Televisão, tem fascinado milhões e milhões de telespectadores no Brasil todo.

  

                    Quem é que não sente ódio daquele xaropasso maligno que atende pelo nome de Saulo Gouveia? E você acha, que esse tipo vivido pelo ator Werner Schünemann, só existe na ficção? Ledo engano!  O mundo está cheio de gente igual a ele.

 

                    Não é à toa que Stela Gouveia, a mulher do malvado, faz o que faz, não é verdade? Outra cidadã que merecia uma chacoalhada legal é a tal de Valentina Miranda. Essa merecia as sanções da lei e a total reprovação social, pela maldade com que trata a menina Kelly Miranda.

 

                    O que tem chamado também a atenção é o triângulo formado por Diana Rodrigues, Gerson e Mauro Santarém. Pelo que se sabe, até o presente momento, Gerson Gouveia terá mesmo que passar por um tratamento psiquiátrico, para atenuar aquela sua faceta esquisita.

 

                    Por falar em Diana, o Fã Clube Oficial da adorável atriz Carolina Dieckmann, postou no YouTube, o making off do ensaio que ela fez para a capa da revista Boa Forma.

 

                    Veja o vídeo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:28

Mercadante e aliados fazem comício em Ribeirão Preto

por Fernando Zocca, em 11.09.10

 

                               O candidato do Partido dos Trabalhadores ao governo do Estado de São Paulo Aloízio Mercadante participou na quinta-feira (09/09), ao lado de Netinho de Paula, Marta Suplicy, Eduardo Suplicy, Michel Temer e do presidente Luís Inácio Lula da Silva, de um comício em Ribeirão Preto SP.

 

                Discursaram Aloízio Mercadante, Netinho de Paula, Marta Suplicy, Michel Temer e Lula.

 

               Netinho apresentou “o time do presidente Lula”. Marta falou sobre a tarefa de eleger a Dilma. Mercadante apontou um desafio: “Fazer o coração de São Paulo bater junto com o coração do Brasil”.  “São Paulo não pode ser da turma do contra”, disse ele.

 

                Michel Temer afirmou que “A Dilma não veio, porque ganhou um neto. O neto Gabriel. Vocês sabem que Gabriel é nome de anjo. E é Anjo que anuncia boas novas. Eu tenho a impressão que o Gabriel veio, para ao lado de milhões e milhões de brasileiros, anunciar a vitória da Dilma Rousseff. Eu não tenho dúvida disso”.

  

                Dizendo não haver nada pessoal contra os tucanos, Lula garantiu ser a divergência de ordem política. Lula afirmou que os tucanos queriam vender tudo: a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil, e a Petrobras. Enquanto isso como acontece com os pedágios, “O povo vai pagando até o ar que respira”. Depois afirmou “São Paulo não pode ficar na mão de tucano a vida inteira”.

 

                Veja alguns momentos do comício dos candidatos em Ribeirão Preto.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:11

Coca reconhece apoio do prefeito de Tanabi

por Fernando Zocca, em 09.09.10

O prefeito de Tanabi José Francisco de Mattos Neto (DEM) quebrou as amarras e ficou famoso justamente por contrariar a decisão de seu partido, e apoiar as candidaturas de Dilma Rousseff à presidência da república, e de Aloizio Mercadante ao governo de São Paulo.

 

Ontem quarta-feira (08/09), em Tanabi, diante do vice de Mercadante, Coca Ferraz, José Francisco reafirmou tudo o que dissera antes.

 

“A Dilma será eleita em primeiro turno. E é muito importante que o Aloizio Mercadante seja o próximo governador de São Paulo. Como senador ele ajudou muito Tanabi e o estado. E tenho certeza de que no governo ele ajudará ainda mais”, garantiu o prefeito José Francisco de Mattos Neto.

 

“Aqui em Tanabi, cerca de 80% dos recursos para obras que recebemos são federais. Nunca fomos desprezados por sermos de partidos distintos”, finalizou o prefeito eleito pelo DEM.

 

“Ele reconhece que temos os melhores projetos e as melhores propostas. A coragem dele em apoiar as candidaturas de Dilma e Mercadante demonstra preocupação com seu país, seu estado e sua cidade. Hoje, mais cedo, em Santa Fé do Sul, recebemos o mesmo tipo de elogio ao governo federal. O compromisso de Mercadante é trazer esse projeto de governo participativo para São Paulo” reconheceu Coca Ferraz.

 

 

Mercadante fará um comício hoje, 09 de setembro às 18 horas, na praça XV, em Ribeirão Preto, com a presença de Dilma e Lula.

Leia o programa de governo de Aloízio Mercadante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:37

O jeito petista de governar

por Fernando Zocca, em 07.09.10

                      Antes de iniciarmos a nossa matéria de hoje queremos parabenizar o portal SAPO pelo aniversário. São quinze anos a serviço da inteligência e cultura portuguesa na Internet.

 

             Dito isso, sigamos em frente.

 

              Essas discussões inócuas, sobre os problemas na Receita Federal, que não prejudicaram a ninguém, não deveriam ocupar tanto espaço midiático.

 

             A tentativa do PSDB de asfixiar a vitalidade juvenil petista, atraída pelo mau caratismo opressor, a esse quarto longínquo e periférico, só pode revelar as más intenções contidas num crime premeditado.

 

             Meu amigo Rubens é quem estaria certo. Pra ele “tinha que pegar o agente dessa maldade sufocante e aplicar-lhe as penas cabíveis”, disse-me na semana passada, num encontro diante do balcão da pastelaria, no mercado municipal.

 

             As acusações injustas assemelham-se àquele ato que desvia a vida de uma pessoa jovem; tanto a imputação de crime quanto o assassínio devem ser punidos; se não o forem desencadeariam avalanches semelhantes.

 

             Essa tentativa de estrangulamento, promovida por agentes peessedebistas, demonstraria a impotência eleitoral vergonhosa, diante da qual não vislumbraram outra saída, que não fosse o delito cometido.

 

             Pode o meu nobilíssimo leitor notar que não é crime o acesso aos dados dos contribuintes, na Receita Federal, por pessoas investidas dessa função.

 

             Mas dizer publicamente, que as atitudes praticadas são ilegais e apontar os supostos responsáveis, indica a má fé de quem o faz. O objetivo dessa denunciação caluniosa é tentar manchar a honra do partido que se destaca na preferência do eleitorado.

 

             Desmerecer o outro, justificar a própria incapacidade com os supostos vícios do adversário, seria uma sentença condenatória inapelável para quem não tem tantas propostas exequíveis e nem satisfatórias à população.

 

             Essa forma obscura, opaca e confusa de conduzir, inserida no programa partidário do PSDB, é que garante o sucesso do jeito petista de governar.

 

             Agora veja no vídeo abaixo, alguns momentos da caminhada que o candidato do Partido dos Trabalhadores, ao governo do Estado de São Paulo, Aloízio Mercadante fez no bairro da Saúde, na segunda-feira, (06/09).

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30

Trabalho & Lazer

por Fernando Zocca, em 06.09.10

 

 

                                               Quando estamos estressados podemos tornar-nos mais sensíveis para determinadas coisas. Por exemplo: a pressão no trabalho, que exige mais produtividade, pode tornar o calor ou os latidos dos cães insuportáveis.

 

                        Então as reações, que em tempos de calmaria, não seriam tão tensas, durante as fases de produção acelerada, significariam mal-estares horrorosos.

 

                        Para quem pode, uma viagem longa resolveria a situação problemática. Se você pudesse sair por algumas semanas veria que, ao voltar tudo estaria mudado. Ou quase tudo.

 

                        Ottawa no Canadá é uma cidade onde a temperatura, na maior parte do ano, favorece o uso de muitas roupas e por isso, não é raro ver em Londres, Paris ou Nova York, as tendências da moda, surgidas naquele país da América do Norte.

 

                        Fazem parte da forma de vida, no mundo ocidental de hoje, a produção e o consumo de bens. Ocorreriam sérios desequilíbrios se, por exemplo, alguém se dedicasse somente ao trabalho e não tivesse momento nenhum voltado ao lazer.

 

                        Por isso é sempre muito saudável o uso do tempo, nas atividades que trazem prazer. Mesmo que isso seja o simples dedilhar do hino do Corinthians no teclado velho.

 

                        Veja no vídeo abaixo, uma sátira à famosa linha de produção, de uma fábrica da década 30, do século XX.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:02

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D